Como manter seu pet limpo na época de frio?

como-manter-seu-pet-limpo-na-epoca-de-frio

Cuidar dos bichinhos de estimação é algo que fazemos com todo prazer, mas é preciso muito cuidado para mantê-los saudáveis e com a limpeza em dia, ainda mais em época de frio.

Com as temperaturas mais baixas, os pets podem ficar mais expostos por conta de uma sequência muito grande de banhos. Os pelos úmidos, somados ao frio, podem acabar gerando problemas de saúde. Além disso, o banho no inverno, geralmente com água mais quente, pode gerar ressecamento da pele, o que também traz riscos ao bem-estar do cachorro ou do gato.

Sendo assim, como manter o pet limpo na época de queda nas temperaturas? A seguir, falaremos um pouco mais sobre isso.

Aumento da escovação

Uma boa pedida é aumentar a frequência com que os bichos de estimação são escovados. Isso, além de tirar os nós dos pelos, de certa forma pode ajudar na limpeza. Ao prestar atenção nos fios, é possível tirar eventuais sujeiras que fiquem presas, além de garantir uma menor quantidade de elementos em geral presos no corpo dos pets.

Claro que a escovação não resolve os problemas de higiene, mas em época de frio é uma forma segura e que não causará nada aos pets, mantendo-os saudáveis e com a pele menos ressecada.

Não deixe o banho de lado

Apesar de falarmos sobre a possibilidade de diminuir a frequência do banho, o fato é que não dá para passar todo o período de frio sem lavar os pets. Qualquer ação complementar ajuda, mas não substitui por completo a lavagem. Ou seja, se falamos em manutenção da limpeza, não dá para descartar o banho.

Por isso, uma solução é pensar em uma agenda menor, mas bem-organizada de banhos. O trunfo aqui é conseguir escolher bem os dias. Dê uma olhada na previsão do tempo, considere se o dia começou um pouco mais quente e, de preferência, dê o banho no momento em que o sol tenha esquentado um pouco mais, até para que o próprio pet possa se sentir mais confortável após a lavagem.

O segredo é realmente saber escolher o momento e o dia certo. Isso permitirá que uma rotina mínima de banhos seja colocada em prática nos meses de frio, garantindo mais saúde e higiene para os pets.

Local do banho

Além disso, o local em que o banho é dado torna-se essencial. Evite espaços muito abertos ou que recebam vento com frequência. A combinação da água com temperatura mais baixa e ainda vento pode trazer problemas para a saúde do bicho de estimação.

Portanto, os detalhes são os elementos essenciais para que os banhos possam seguir no frio. Mas lembre-se: a tendência é, sim, de que a quantidade diminua.

Por isso, os riscos de proliferação de fungos existem, as bactérias e vermes podem aparecer e, por tudo isso, também é importante ficar de olho na saúde, na vacinação e nas idas ao veterinário. Tudo para que haja, além da limpeza e higiene, saúde.

Banho a seco como aliado

O clima mais frio dificulta a secagem dos pets, o que pode acabar ocasionando em lesões na pele e outros problemas. Por isso, o banho a seco é indicado, assim cães e gatos se mantém limpos independente da época do ano. Existem várias opções de produtos no mercado para realizar o banho a seco no seu pet, eles ajudam a manter seu animalzinho limpo e espaçar mais os banhos na época de frio. Veja mais no nosso outro post: Como dar banho a seco em pets

Gostou de saber mais sobre o tema? Baixe nosso app! Lá, temos produtos e ofertas especiais para você, dono de pet. Os melhores preços e soluções, em um só lugar.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Recent posts

Featured articles