Alimentos da ceia de Natal que são prejudiciais para os pets

Alimentos da ceia de Natal que são prejudiciais para os pets

Neste momento de alegria, comilança e muito amor, que é o Natal, quem tem pet nem pensa em deixá-lo de fora da festa, não é verdade?! Mas, às vezes, os alimentos que acabamos compartilhando com nossos bichinhos são tóxicos, podendo fazer muito mal a eles.

Dicas para minimizar os pedidos e problemas

Algumas atitudes bem simples podem ser tomadas para impedir que ele acabe com uma intoxicação alimentar, como, por exemplo, alimentá-lo antes da hora da Ceia (com ração ou outro alimento adequado), informar às pessoas presentes para não darem comida ao pet, descartar os lixos e restos de alimentos bem longe do alcance dele e, se necessário, isolá-lo durante o momento da refeição, evitando que fique pedindo comida e, inclusive, latindo por conta disso.

Quais alimentos são tóxicos e quais complicações podem causar?

Mas, se você quiser dar para o bichinho uma comidinha ou outra que esteja comendo, é essencial evitar alguns alimentos, para não ter consequências problemáticas. Dessa forma, a festa seguirá tranquila. Confira, a seguir, uma lista das comidas proibidas, tanto no Natal, como nas outras festas de final de ano – e em qualquer momento do ano, na realidade.

  • Cebola e alho
  • Carnes temperadas
  • Legumes condimentados
  • Panetone e chocotone
  • Uvas e uvas-passas
  • Nozes e macadâmia
  • Maionese
  • Abacate
  • Balas e chiclete
  • Chocolate, doces, em geral, principalmente os diets
  • Ossos de aves – dependendo do tamanho, podem causar problemas gastrointestinais.

De forma geral, a maioria dos alimentos consumidos durante essa época do ano podem causar diarreia, vômitos e outras reações indesejadas nos pets, já que são “estranhos” ao sistema digestivo deles. Por isso, é mais seguro evitar compartilhar os alimentos com os bichinhos.

Às vezes, mesmo que tomemos cuidado, algum imprevisto pode acabar acontecendo, seu cãozinho pode comer algo sem que você tenha visto, por exemplo. Por isso, é importante observá-lo e procurar um veterinário de confiança caso ele apresente salivação excessiva, respiração rápida e/ou tremores e vômitos.

Ceia de Natal para o seu pet

Ou seja, tenha cuidado e atenção com essa questão e, se fizer questão de alimentar seu animalzinho enquanto você e sua família também estão comendo, pense na possibilidade de contratar um serviço de buffet preparado para ele ou então comprar produtos feitos especialmente para pets, vendidos em petshops e lojas especializadas, como o “panetone para cachorro”.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário

Recent posts

Featured articles