5 dicas para adaptar o seu pet a uma mudança de casa

Horizontal shot of domestic animal sits on stack of carton boxes, relocates in new abode, poses in spacious empty room with no furniture, white walls. Animals, real estate and relocation concept

Por necessidade ou por oportunidades boas na vida, se mudar sempre é uma tarefa árdua e que pode gerar muito estresse antes do resultado final de felicidade. Se para os seres humanos já é desgastante, imagine então para quem é pet, que terá um pouco mais de dificuldade em entender exatamente o que está acontecendo. Temos que redobrar a atenção e cuidados para não se tornar um processo traumatizante para nossos amiguinhos de quatro patas.

Pensando nisso, separamos aqui algumas dicas importantes para ajudar o seu pet na adaptação ao novo lar, para que eles se sintam felizes e confortáveis e possam compartilhar com você e sua família toda a alegria de mudar de espaço!! Confira:

1 – Faça ele se sentir em casa

Tente levar todos os objetos os quais o bichinho é apegado, como brinquedos, roupas, sua caminha, comedouro e também local de realizar as necessidades fisiológicas, caso haja. Isso ajudará a amenizar o impacto de ir para um local totalmente novo e desconhecido, e com certeza deixará o animal mais tranquilo e bem amparado.

2 – Deixe que eles façam o reconhecimento

Tanto cães como gatos são animais extremamente territoriais, então é importante que eles se sintam em um lugar onde são “soberanos” e se sintam à vontade. Incentive a exploração do local, dando petiscos e carinho sempre que for conveniente com a situação positiva. Evite repreender erros em um primeiro momento, como necessidades em locais errados. Porém não deixe de os fazerem cumprir regras antigas, como não subir em determinado móvel.

Vale a pena também não se precipitar, e ir levando aos poucos o animal no novo ambiente.

3 – Proporcione conforto

Tente deixar alguns pontos específicos com peças de roupa velhas suas que estejam com o seu cheiro. No caso de gatos, cuide com as janelas em apartamentos e tente colocar arranhadores em pontos estratégicos da casa, além de locais altos para que possam se divertir. No caso de cães, cuide com possíveis locais de perigo para os bichinhos pois tendem a ser um pouco mais desastrados.

4 – Rotina

Lar novo, mesma rotina. Não altere bruscamente o comportamento no novo espaço, pois o seu animalzinho irá sentir. Tente alimentar, brincar e levar para passear nos mesmos horários para que eles saibam que apesar da mudança as coisas continuam iguais. Isso evitará possíveis manifestações de estresse nos bichinhos, por isso é bem importante.

5 – Acompanhamento profissional

Caso o seu pet já possua alguma condição patológica neurológica, seja agressivo ou medroso, é interessante recorrer à uma ajuda profissional para que haja um acompanhamento melhor da adaptação do bichinho à nova casa. Profissionais qualificados irão auxiliar no amparo ao companheirinho de forma que não haja agravo patológico ou problemas no novo lar.

Gostou do conteúdo? Já está pronto(a) para se mudar com seu pet? Então não deixe de seguir essas dicas incríveis e ter muita felicidade e amor na nova casa!

 

👉  Se você pet lover gostou do nosso artigo e quer mais dicas bacanas como essas, não deixe de baixar o nosso aplicativo (Google e Apple)!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Recent posts

Featured articles