Sarna em cães: principais sintomas e tratamento

sarna-em-caes-principais-sintomas-e-tratamento-20220202163439.jpg

Os tutores de pets sabem que precisam ter uma série de cuidados com os seus animais, uma vez que eles não conseguem comunicar diretamente quanto estão sentindo dores ou estão desconfortáveis com uma situação.

Uma das doenças mais comuns, que ao contrário do que muitos pensam, todos os cães estão sujeitos a ter, é a sarna. É um quadro extremamente desconfortável para o pet, e que precisa ser acompanhado de perto.

Venha conferir quais são os sintomas para identificar o mais cedo possível, e os tratamentos indicados. Boa leitura!

O que é sarna?

Se você colocar no microscópio as roupas de cama, tecidos, ou até mesmo a própria pele, verá que existem minúsculos seres, parecidos com besouros, habitando esses locais. São os ácaros. Eles se alimentam de pele morta, porém, não costumam ser um problema tão grave quando nós e os animais de estimação estamos com a imunidade alta.

A sarna acontece quando o organismo não tem força o suficiente para combater esses animaizinhos, seja porque eles se proliferam em demasia, estresse ou diversos fatores. Não se trata de uma única doença, mas de três variedades causadas por tipos de ácaros diferentes:

  1. Demodécica: Que pode se espalhar por todo o corpo e pode ser passada a outros animais. Ela é causada por um ácaro que habita a pele do animal naturalmente;
  2. Sarcóptica: Na qual o ácaro causador não o que está naturalmente na pele, e pode ser passada até mesmo para humanos;
  3. Otodécica: Que atua exclusivamente na região dos ouvidos.

Quais são os sintomas?

Os sintomas dos três tipos de sarna são praticamente idênticos, a única que se destaca é a demodécica, que gera o surgimento de manchas escuras na pele do seu animal, portanto, é a mais fácil de ser identificada.

O sintoma mais comum é a queda de pelos na região afetada, uma coceira contínua que gera muito desconforto, e por conta dessa coceira, pode gerar feridas e até mesmo uma infecção bacteriana. Outro efeito comum é exalar um forte odor de matéria em decomposição.

É natural que, ao ver o cãozinho sem comer devido ao desconforto contínuo, os tutores queiram aplicar medicamentos ou loções sem a devida indicação. No entanto, para cada tipo há um tratamento específico e que precisa ser respeitado para resolver o problema, portanto, consulte o seu veterinário.

Tratamento para sarna em cães

Reforçamos que depende de cada situação, e até quando dois cães possuem o mesmo tipo, podem haver tratamentos diferentes. Tudo depende de uma raspagem da pele para que o veterinário estude o ácaro que está causando a doença.

Todas elas podem ser tratadas com o uso de medicamentos, uma vez que a causa costuma ser imunológica. No entanto, para a demodécica e a sarcóptica, são recomendados shampoos ou loções adicionais para tratar por fora também. A ortodécica pode ser complementada com uma solução a ser aplicada no ouvido, uma vez que o acúmulo de coceira provocado pela sarna pode gerar complicações.

O tempo para que o tratamento surta efeito depende do organismo do animal e do seu comprometimento em seguir as orientações do veterinário. Saiba que seguindo à risca essas regras, o seu amigo irá se recuperar em poucos dias!

Gostou desse conteúdo? Baixe nosso app para mais materiais exclusivos!
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Recent posts

Featured articles