O que fazer com cachorros que comem rápido demais?

o-que-fazer-com-cachorros-que-comem-rapido-demais-petindica

É comum alguns cães comerem rápido demais, como se estivessem muitas horas sem se alimentar. Mas, fique atento, isso não é fome, e sim um transtorno relacionado à comida, que pode causar problemas à saúde dos pets.

Por que o cachorro come rápido demais?

Gerado, na maioria dos casos, pelo estresse e a ansiedade, esse problema psicológico faz com que o cão realize atividades de forma acelerada, impaciente e sem muita atenção.

Em outros casos, ele tem esse comportamento obsessivo, por receio de uma ameaça de outros animais ou até mesmo de pessoas, pois imagina que vão roubar sua comida.

Quais problemas podem ser causados?

Quando o cachorro ingere a ração de forma acelerada, acaba engolindo ar e isso gera:

– Arrotos;
– Flatos, ou seja, pum;
– Vômitos;
– Torção gástrica, especialmente nas raças grandes;
– Engasgos;
– Má-digestão;
– Asfixia, ao não mastigar corretamente o alimento.

Fique atento! Se seu pet está com um comportamento apático, abdome inchado, anda curvado e não consegue vomitar após se alimentar, dirija-se rapidamente ao veterinário de sua confiança.

Ele pode estar sofrendo de torção gástrica, uma doença muito grave que exige atendimento imediato.

Mas, como solucionar esse problema? Continue lendo este artigo e descubra.

O que fazer?

Antes de mais nada você precisa se fazer alguns questionamentos para só então começar a realizar mudanças:

– Quantas vezes ao dia eu alimento meu cão?
– Meu cão é possessivo com a comida?
– Estou oferecendo ração de qualidade para ele? Suas necessidades nutricionais estão sendo supridas?
– O grão da ração está no tamanho adequado para o seu porte?
– Suas necessidades básicas, como atividades física, mental e social, estão sendo fornecidas?

🐾  Após responder essas perguntas, veja algumas dicas:

1. Evite ambientes conturbados, com muita circulação de pessoas, pois deixa o cão ansioso e o faz comer de forma rápida;
2. Caso você tenha mais de um cachorro, dê a comida em ambientes separados;
3. Se você notar que o cão está agitado, pulando ou latindo na hora de dar a ração, espere ele se acalmar primeiro. Após verificar que ele já está tranquilo, dê o pote de comida;
4. Use brinquedos interativos que contenham ração dentro para prender a atenção do animal. É sempre bom dar um pouco de trabalho para ele comer, pois vai mantê-lo ocupado e distraído, além de se alimentar mais devagar;
5. Não faça “festa” quando for alimentar o cachorro, isso pode deixá-lo ansioso. Apenas pegue o pote, coloque a ração e o ofereça;
6. Procure dividir a porção em dois ou três, em vez de dar apenas uma vez ao dia. Aumentar a quantidade diária, como manhã e tarde, por exemplo, em porções menores, vai ajudá-lo a não estar tão faminto na hora de se alimentar;
7. Use um comedouro lento para evitar que o cão coma muito rápido. Pelo fato de ele distribuir a ração, o animal se vê obrigado a desviar das barreiras para assim conseguir pegar o alimento, tornando o momento da refeição mais lento e tranquilo.

✅  Falamos um pouco sobre modelos de comedouros lentos no vídeo:

 

👉   Gostou do artigo e quer ter mais informações? Então, baixe nosso app e veja nossas dicas e promoções de produtos e serviços para manter seu pet feliz e saudável.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Recent posts

Featured articles