Conjuntivite: você sabia que essa doença também atinge os pets?

The veterinarian is checking the dog's eyes using medical equipment.

Muitas vezes, nós, seres humanos, acabamos nos preocupando com alguns problemas de saúde, mas não imaginamos que eles podem afetar, também, os nossos bichinhos de estimação. Por exemplo, no caso da conjuntivite. Você sabia que os pets podem sofrer com este problema na região ocular?

Pois é, isso pode acontecer. Por isso, é importante saber mais sobre este tema para que os donos tenham condições de identificar a possibilidade de o companheiro estar com o problema e, assim, tomar atitude para cuidar do pet.

Razão da conjuntivite em pets

Primeiro de tudo, é importante saber o porquê de os bichinhos pegarem conjuntivite. E há um detalhe: geralmente, as causas são diferentes para cães e gatos. No caso dos cachorros, pode ser originada de alguma alergia ou componente que invade os olhos. Por exemplo: durante um passeio, bate um vento mais forte e alguma partícula invade o olho do pet. Por isso, é difícil prevenir.

Além disso, outra razão para os cães pegarem conjuntivite é uma alteração na produção de lágrimas. Sim, isso pode interferir, já que o líquido é importante na limpeza e saúde ocular. Portanto, caso a quantidade de lágrimas diminua, ou mesmo a qualidade delas caia, é possível que a doença se manifeste.

Já no caso dos gatinhos, a maior parte dos casos acontece por outra razão: a presença de vírus ou bactérias no organismo. Ou seja, parte de uma determinada infecção. Nesta situação, é mais difícil saber a origem, mas é importante tentar manter a casa livre de sujeiras e pó, para diminuir riscos.

Sinais de que o pet está com conjuntivite

Conhecidas as razões que levam os nossos bichinhos a pegarem conjuntivite, também é necessário que os donos saibam identificar sinais que indiquem a possibilidade de que os pets estejam com o problema.

O principal deles é semelhante ao que nós também sofremos quando contraímos a conjuntivite: olhos bastante avermelhados. Além disso, se os olhos ficarem sujos, com bastante remelas, é bom ficar atento. Por fim, se o pet lacrimejar com frequência fora do normal, também pode ser um sinal de possível problema.

Cuidados em casa

Nos casos dos seres humanos, a conjuntivite é sempre um pânico por conta da possibilidade de infecção de outras pessoas que entrarem em contato próximo. Com os animais de estimação, é um pouco diferente.

Os cachorrinhos, por conta das formas de contaminação, não causam preocupação. Afinal, geralmente as causas não envolvem bactérias ou vírus que possam se espalhar. Nos gatos, porém, é o contrário, já que a razão, como citamos acima, é infecciosa.

Portanto, se o gatinho estiver com conjuntivite é importante ter cuidado na hora de tocá-lo e, se houver outros pets na casa, tentar afastá-los, além de não permitir que eles dividam brinquedos, potes etc.

Resumindo, a conjuntivite existe, sim, nos pets. E nós, como amantes de todos os bichinhos, precisamos estar atentos para cuidar bem deles, evitando problemas mais sérios. Tratar dos nossos animais de estimação é muito importante.

Uma das formas de mostrar carinho por eles é oferecendo os melhores produtos e serviços para os pets. E é isso que fazemos. Nosso trabalho é oferecer dicas e promoções para os donos de bichinhos. Para receber tudo isso, baixe o nosso app e fique ligado.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Recent posts

Featured articles