4 cuidados necessários na hora de cortar a unha dos pets

4-cuidados-necessarios-na-hora-de-cortar-a-unha-dos-pets

Com o tempo, é natural que as unhas dos cães e gatos cresçam, assim como acontece com os seres humanos e outros animais. Isso pode gerar desconforto tanto para eles, na locomoção e execução de movimentos que exijam a patinha, como para os tutores, que serão agraciados com um unhada ocasional que pode arranhar a pele ou destruir as roupas. Além disso, pode ser um local a mais para proliferação de microrganismos nocivos à saúde de todos.

Por esses fatores, é muito interessante e importante que seja feita a manutenção das unhas dos bichinhos regularmente. Tendo isso em mente, separamos para você algumas dicas essenciais para ajudar no processo de cortar as unhas do seu animalzinho. Confira, a seguir!

1. Acostume seu pet

Caso você tenha um filhote em casa, é bom introduzir o cortador de unhas a ele, desde novinho, para que se acostume. Assim, quando crescer, não estranhará o momento e não se estressará ou ficará com medo.

Caso o seu bichinho já não seja tão jovem, aos poucos, vá acostumando-o à ideia, dando um passinho de cada vez, até que ele se sinta seguro com o aparato de cortar unhas por perto.

Lembre-se sempre de recompensar o pet com alguma guloseima sempre que tiver algum progresso, assim ele terá uma impressão positiva sobre o momento.

2. Escolha o momento ideal

Não adianta querer cortar as unhas do bichinho nos momentos em que ele está muito agitado ou que está mais interessado em comer e brincar.

Aqui a dica é escolher o momento ideal, aonde seu pet já esteja cansado e esteja quase totalmente submisso ao sono e a você, porém ainda acordado. Não deixe para cortar quando o animal estiver dormindo, pois ele pode se assustar e instintivamente reagir de forma violenta.

Vale a pena programar antecipadamente um dia especial para cortar as unhas, aonde você irá passear por longas distâncias com ele, brincar bastante e realmente fazê-lo cansar. Fazer isso ajudará no fim do dia, no momento de executar a tarefa, pois ele estará “entregue”.

3. Corte com cuidado e de maneira apropriada

As unhas dos animais são extremamente vascularizadas, por isso todo cuidado é pouco, a fim de não gerar dor nos pets.

Nos cães, como a unha geralmente é mais escura, fica difícil de localizar os vasos sanguíneos, por isso é interessante evitar cortar muito. Cortar só as pontinhas já irá ajudar.

Nos felinos, geralmente as unhas são branquinhas e os vasos sanguíneos fáceis de se localizar, porém eles podem não gostar de ser manipulados. Respeite o tempo do seu gato!

4. Escolha o cortador ideal

Existem dois tipos de cortadores:

– Alicate;
– Guilhotina.

Alicate lembra um pouco os clássicos cortadores, porém possuí um espaço para encaixar a unha do pet. Já o segundo, lembra as guilhotinas da Revolução Francesa, aonde uma lâmina incide sobre o objeto.

Para quem não tem muita experiência, a guilhotina pode ser mais prática e fácil de usar.

É importante também verificar o tamanho do cortador, que varia de acordo com o porte do animal.

✅  Veja no vídeo uma alternativa para lixar a unha do seu pet:

 

✅  Caso você tenha gostado do conteúdo, não deixe de conferir o site para mais dicas e baixar o app (Apple e Google)!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Recent posts

Featured articles